Close

Voc ainda no um membro? Registre-se agora.

lock and key

Log in.

Account Login

Esqueceu sua senha?

Horários de Funcionamento

Consultas: de 2ª a 6ª, das 8h às 18h. Marque já sua consulta.
Fisioterapia: de 2ª a 6ª, das 8h às 19h, somente com hora marcada.
Marcação de consultas e Fisioterapia: até as 18h.

Instituto Affonso Ferreira tem recorde de cirurgias para implante de próteses ortopédicas

29 nov Diversos, Notícias | novembro 29, 2008

O Instituto Affonso Ferreira, clínica especializada em ortopedia, traumatologia e fisioterapia, localizada na cidade de Campinas (SP), vem realizando um número cada vez maior de cirurgias para implantes de próteses ortopédicas. Somente em 2008, o instituto realizou 210 cirurgias, sendo a sua maioria para implantes no quadril e joelho.

O aumento da expectativa de vida e as atividades em pacientes com faixa etária mais avançada, são apontados pelos especialistas como as principais causas do aumento das cirurgias para implantes ortopédicos. De acordo com a Academia Americana de Ortopedia, nos próximos 10 anos o mercado tende a duplicar o número de cirurgias ortopédicas em todo o país.

Para o ortopedista Ricardo Affonso Ferreira, o aumento também está relacionado a qualificação dos médicos. “Contamos com uma infra-estrutura adequada e, frequentemente, os profissionais do
Instituto Affonso Ferreira participam de cursos de capacitação, palestras e intercâmbio no exterior a fim de buscar o aperfeiçoamento e conhecimento das novas técnicas para cirurgias ortopédicas” afirma Ricardo.

Ainda, segundo Ricardo, as cirurgias mais realizadas pelo Instituto são as de quadril, joelho, coluna e trauma, que vão desde uma lesão causada por acidentes domésticos a deformidades mais graves provocadas por violência no trânsito. Mas é a artrose, doença degenerativa que afeta cerca de 20% da população aos 40 anos e quase 100% aos 80 anos, a maior causadora de patologias no quadril e no joelho.

As próteses têm uma duração que varia de 15 a 20 anos. Mas é preciso que haja alguns cuidados fundamentais para garantir um pós-operatório tranqüilo e sem dores. Além das revisões periódicas com o ortopedista, é necessário que o paciente seja submetido a sessões de fisioterapia
especializada na reabilitação do paciente. Segundo a fisioterapeuta do IAF, Sylvia Helena Ferreira da Cunha Henriques, o sucesso na reabilitação está diretamente ligado ao trabalho de fisioterapia
realizado no pós-operatório.