Close

Voc ainda no um membro? Registre-se agora.

lock and key

Log in.

Account Login

Esqueceu sua senha?

Horários de Funcionamento

Consultas: de 2ª a 6ª, das 8h às 18h. Marque já sua consulta.
Fisioterapia: de 2ª a 6ª, das 8h às 19h, somente com hora marcada.
Marcação de consultas e Fisioterapia: até as 18h.

Médico do Instituto Affonso Ferreira participa de congresso internacional na Bélgica

15 jun Notícias | junho 15, 2010

Pioneiros na utilização da técnica do Resurface, o Instituto Affonso Ferreira vem se firmando como referência mundial na prática do recapeamento do quadril, como é conhecido. Prova disso, são as diversas aulas e participações em cirurgias nacionais e internacionais que os médicos do IAF vêm acumulando ao longo do tempo. A exemplo, o ortopedista Ricardo Affonso Ferreira participa do Congresso Mundial de Recapeamento, que acontece entre os dias 16 e 20 de junho, na cidade de Gant, na Bélgica.

O convite para participar do Congresso aconteceu por meio do médico Koen DeSmet – um dos mais conceituados cirurgião nesse tipo de técnica. Durante o encontro, profissionais de todo o mundo farão uma análise dos avanços, a forma como cada profissional realiza o procedimento cirúrgico e vão discutir novas metodologias de aperfeiçoamento. De acordo com o ortopedista Ricardo Affonso Ferreira, a técnica é extremamente cautelosa, com um número expressivo de desafios técnicos em função do posicionamento e do tamanho da prótese, mas os benefícios aos pacientes são evidentes.

“Os benefícios vão desde a estabilidade da nova articulação e do mínimo desgaste entre as próteses até rapidez na recuperação dos pacientes, que em sua grande maioria consegue se movimentar tranquilamente nas primeiras 24 horas do pós-operatório”, enfatiza Ricardo.

Considerada uma das maiores novidades na área ortopédica para o tratamento da artrose do quadril em indivíduos com idade inferior a 50 anos, o resurfacing vem acompanhando o ritmo das demais cirurgias realizadas pelos médicos do Instituto Affonso Ferreira, em Campinas, com um número cada mais crescente de procedimentos realizados no país.

Inovadora, a nova técnica vem superando as expectativas tanto dos médicos quanto dos pacientes submetidos a cirurgia. Segundo Ricardo, a diferença é nítida na recuperação destes pacientes em comparação àqueles operados pelo método tradicional. “O plástico tem baixa resistência e se desgasta no decorrer dos anos, principalmente quando o tamanho da cabeça femoral metálica é grande. Isto faz com que muitos profissionais usem cabeças de menor diâmetro, o que facilita a luxação da prótese”, explica Ricardo, responsável pelas cirurgias de recapeamento do Instituto Affonso Ferreira.

Especialidades do IAF

Com vasta experiência no tratamento de fraturas e seqüelas, o Instituto Affonso Ferreira é um Centro de Referência Nacional para a reconstrução de fraturas graves com perdas ósseas e/ou com infecção associada.

Já para o tratamento de osteoporose, artrose, escoliose, osteoartrite, neurite, dores no pescoço, nas costas e lombar, o IAF oferece as últimas novidades em drogas específicas, além de uma equipe de profissionais formada por médicos e fisioterapeutas especializados.

Além disso, o centro disponibiliza aos pacientes serviços de ortopedia pediátrica, medicina do esporte, cirurgia e microcirurgia de mão, artroscopia, artroplastia de quadril, joelho, cotovelo, ombro e tratamentos psicológicos, com uma estrutura física e humana especializada para dar o melhor atendimento ao paciente e para reabilitá-lo, procurando uma melhoria constante na qualidade de vida.