Close

Voc ainda no um membro? Registre-se agora.

lock and key

Log in.

Account Login

Esqueceu sua senha?

Horários de Funcionamento

Consultas: de 2ª a 6ª, das 8h às 18h. Marque já sua consulta.
Fisioterapia: de 2ª a 6ª, das 8h às 19h, somente com hora marcada.
Marcação de consultas e Fisioterapia: até as 18h.

Palestras com antropóloga e Indigenista marcam mais uma viagem dos Expedicionários da Saúde

16 out Notícias | outubro 16, 2009

Expedição atenderá os índios da etnia Sateré Mawé na divisa entre os estados do Amazonas e Pará

Os Expedicionários da Saúde se preparam para mais uma viagem de solidariedade no Amazonas. Em novembro, o grupo vai atender as comunidades indígenas da etnia Sateré Mawé, na região da divisa entre os estados do Amazonas e Pará, às margens do Rio Andirá. E como tradicionalmente acontece, alguns dias da expedição, os profissionais envolvidos se reúnem para definir os detalhes da viagem. Neste sábado (17 de outubro), a partir das 10h00, acontece um encontro na sede do Instituto Affonso Ferreira , em Campinas, com a realização de palestras que envolvem dois convidados especiais: a antropóloga Sonia Lorenz e o Indigenista Sydney Possuelo.

“A Sonia tem uma experiência de vida nesta região onde estaremos atuando, pois morou por cinco anos com os índios da etnia Sateré Mawé. Vai passar informações preciosas. E o Sidney é reconhecido pela defesa dos direitos indígenas. Portanto, são palestras imperdíveis”, garante o ortopedista Ricardo Affonso Ferreira , idealizador e presidente da ONG Expedicionários da Saúde.

Nesta, que será a 15ª Expedição, o grupo levará um total de 35 profissionais, entre médicos, enfermeiros e pessoal de apoio. Em seis anos de atividades, o saldo apresenta um total de 8.935 atendimentos e 1.975 cirurgias. “A cada nova expedição uma alegria. O trabalho tem sido gratificante tanto para nós, que ganhamos muito como experiência de vida, quanto para os índios, que se beneficiam com um atendimento feito com o mais alto nível de qualidade”, acrescenta Ricardo. A Expedição será realizada entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro e tem o apoio do Ministério da Defesa através do Comando Militar da Amazônia, Força Aérea Brasileira e uma forte parceria com os DSEIs – Distritos Sanitários Especiais Indígenas.