Close

Voc ainda no um membro? Registre-se agora.

lock and key

Log in.

Account Login

Esqueceu sua senha?

Horários de Funcionamento

Consultas: de 2ª a 6ª, das 8h às 18h. Marque já sua consulta.
Fisioterapia: de 2ª a 6ª, das 8h às 19h, somente com hora marcada.
Marcação de consultas e Fisioterapia: até as 18h.

Técnica francesa de cirurgia de joelho beneficia principalmente atletas

09 dez Notícias | dezembro 9, 2011

Procedimento usado em todo o mundo foi adotado por ortopedistas brasileiros com sucesso

As novidades na área de ortopedia surgem com rapidez nos últimos anos, facilitadas pela globalização, reciclagem e principalmente cursos, nos quais os profissionais que atuam no Brasil buscam informações atualizadas do que acontece no mercado internacional. Uma contusão, por exemplo, que atinge com mais frequência atletas, encontra em uma técnica francesa a principal aliada para uma cirurgia menos invasiva e que proporciona uma recuperação bem mais rápida. È a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho com túneis anatômicos.

Realizada no Brasil pelo ortopedista Marcelo Wiltemburg, do Instituto Affonso Ferreira, de Campinas, a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho com túneis anatômicos tem como uma de suas principais vantagens a eliminação de riscos de artrose tempos depois da cirurgia, além de uma recuperação mais rápida. Marcelo, que já utilizou o procedimento em mais de 200 pacientes, teve contato com a técnica durante uma visita ao médico francês Bertran S. Cote. “Há mais ou menos três anos buscava algo diferente para o tratamento de joelho. Foi ai que aprendi as vantagens dessa técnica com o Cote. Trouxe para o IAF e hoje lá fora, nos países mais desenvolvidos, a grande maioria dos especialistas aderiu”, conta Wiltemburg.

O ligamento cruzado anterior é um dos mais importantes do joelho porque tem como função oferecer estabilidade a parte anterior da articulação. È uma lesão comum em alguns tipos de esportes, como futebol e vôlei, nos quais os atletas estão sujeitos a mudanças bruscas de direção e movimentos mais fortes. “Temos ainda os atletas de final de semana, que não têm treinamento e conhecimento adequado para praticar os esportes. Atendemos muitas pessoas nessa situação”, conta Wiltemburg.

Segundo Marcelo, a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho com túneis anatômicos segue exatamente a anatomia de cada paciente. “Os túneis para fixação do novo ligamento são confeccionados no local da cirurgia e substituem com precisão o ligamento original. Este resultado não era possível com a técnica tradicionalmente usada até então”, explica. “Todas as funções do joelho são preservadas, como antes da lesão. Um dos grandes problemas com a cirurgia tradicional era o aparecimento de artrose poucos anos depois da cirurgia. Como esta técnica devolve ao joelho as funções de um membro sadio, este risco não acontece. Outro fator positivo é com relação à dor, que praticamente não existe com a nova técnica”, conclui Wiltemburg.